Você considera o alinhamento estratégico na sua empresa? Não é novidade que as organizações precisam ter um objetivo claro. Porém, nem sempre pensamos no quão importante é as lideranças estarem alinhadas com a direção proposta.

Essa comunicação vertical precisa ser bem-sucedida. Cada pessoa à frente de um grupo tem de entender a orientação que vem de suas lideranças, traduzindo as diretrizes em seu contexto específico. Com o pensamento estratégico, todos vão remar na mesma direção.

Neste conteúdo, explicamos como promover o alinhamento de lideranças e quais são os benefícios dessa prática. Tenha resultados ainda melhores na sua empresa!

O que é alinhamento estratégico?

Alinhamento estratégico é a condição de coerência entre os objetivos organizacionais e a atuação das partes da empresa. É quando os níveis estratégico, tático e operacional seguem uma direção comum, que irradia do topo para a base da pirâmide.

Um caso que ilustra bem a necessidade de alinhamento é a contratação de pessoas. Imagine que uma empresa definiu que o foco agora são as redes sociais e o e-commerce, optando por reduzir suas lojas físicas.

No processo seletivo, um candidato com experiência em marketing e vendas digitais sairá na frente dos concorrentes. Perceba que não é como se as demais competências e experiências sejam ruins, mas essas são as características mais alinhadas à estratégia da empresa.

Qual é a relação com a liderança?

O comportamento das lideranças tem grande influência no alinhamento estratégico. Isso porque, entre a gestão de uma pequena equipe de trabalho, passando por supervisores, coordenadores, gerentes, até os mais altos cargos da empresa, há uma série de tomadores de decisão.

Ter alinhamento estratégico significa que, nos diversos conflitos de escolha que vivenciamos todos os dias, as opções mais coerentes com a estratégia da organização são mais bem avaliadas. Logo, são priorizadas em detrimento das menos adequadas.

Se a estratégia da organização é economizar, quem está abaixo deve procurar maneiras de reduzir custos. Se o objetivo é incentivar a inovação, as lideranças precisam assumir riscos e deixar as equipes arriscarem, e assim por diante.

É como se a estratégia da empresa fosse um objeto em movimento. Cada liderança pode contribuir para que ela seja impulsionada ou criar uma resistência a ela, determinando se a diretriz definida ganhará ou perderá força.

Percebemos a importância do alinhamento estratégico quando tentamos introduzir uma cultura de inovação. Não basta ter o patrocínio da alta direção se, no dia a dia, as lideranças têm dificuldades para lidar com mudanças, não estão abertas a ouvir sugestões ou boicotam as iniciativas das equipes. É possível, inclusive, medir o impacto disso, a partir do IVR (Innovation Velocity Ratio).

Quais são os benefícios do alinhamento de lideranças?

Ter líderes alinhados na empresa permite que a organização alcance um alto percentual de sucesso ao implementar estratégias. Isto é, aquilo que é decidido no topo irradia para os diferentes níveis, fazendo todos seguirem um mesmo rumo. 

A seguir, confira benefícios que o alinhamento estratégico pode trazer aos negócios!

Evitar gastos desnecessários de recursos

Quanto maior for a resistência interna a uma mudança, mais tempo e recursos são necessários para fazer a estratégia funcionar.

Nesse sentido, com o alinhamento, focamos naquilo que realmente importa para o sucesso da organização, em vez de dispensar os recursos em atividades contraproducentes. Logo, evitamos gastos desnecessários.

Minimizar falhas em projetos

O propósito dos projetos estará claro, evitando que eles sigam uma direção indesejada. Assim, impedimos que o esforço, recursos e tempo investidos sejam desperdiçados com falhas. Sem contar que a estratégia da empresa influencia o que será aprovado ou reprovado, reduzindo as chances de começar projetos que não fazem sentido.

Mitigar atrasos em entregas

Se sabemos o que devemos implementar, evitamos erros e retrabalhos nos projetos. É um fator que vai se refletir nos prazos das entregas, permitindo que as atividades sejam concluídas pontualmente, em vez de vivenciarmos uma rotina de reprovações e ajustes.

Controlar o aumento do turnover

As melhorias no ambiente de trabalho e experiência das pessoas demandam alinhamento estratégico.

Junto ao discurso de promover bem-estar, equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, desenvolvimento de pessoas etc., dependemos de lideranças que transformem isso em ações no dia a dia. Só assim melhoramos os indicadores de RH, como turnover e permanência de talentos.

Como promover o alinhamento de lideranças?

Quem define uma estratégia espera que ela seja seguida, logo é natural que a gestão tenha interesse em colocar o alinhamento em prática. Algumas ações vão contribuir bastante para essa meta. Confira!

Defina claramente os objetivos do negócio

As pessoas não podem ter dúvidas sobre qual é o objetivo do negócio, que deve ser compartilhado com as lideranças. Uma boa prática para realizar essa conexão são os OKR’s. Com essa ferramenta, estabelecemos um vínculo entre os objetivos (objectives) e resultados-chave (key-results).

É possível criar OKR’s para cada liderança. Assim, por exemplo, os objetivos e resultados-chave do RH, Financeiro, Jurídico etc. vão estar conectados aos da organização como um todo.

Além disso, caso existam lideranças dentro dos setores, como coordenadores, supervisores e líderes de equipes, os OKRs dessas pessoas seguem os parâmetros fixados para o departamento.

Compartilhe os resultados com as lideranças

Uma segunda prática é compartilhar os resultados da empresa, mostrando como as ações das lideranças têm sido relevantes. Estabeleça uma periodicidade para consolidar esses dados e divulgar as informações em reuniões e relatórios, por exemplo. Assim, as pessoas vão entender a importância de estarem na mesma página.

Melhore a comunicação interna

Outro cuidado é investir na comunicação interna, com processos e tecnologias que facilitem a troca de informações entre os níveis da empresa. Também é relevante que a organização saiba ouvir as pessoas, entendendo quais são os desafios enfrentados.

Desenvolva continuamente as lideranças

O alinhamento estratégico pode ser promovido pelo desenvolvimento de pessoas. Nele, direcionamos as lideranças para as competências relevantes para os resultados da organização. Portanto, as pessoas terão ferramentas para entender e implementar ações coerentes com os objetivos de negócios.

A Weego, marca do ecossistema GPTW, pode te ajudar a implementar um modelo de desenvolvimento adequado. Nele, usamos a análise de dados para identificar as lacunas de competências das lideranças, criando trilhas personalizadas e possibilitando o acompanhamento contínuo pela gestão da empresa.

Junto a isso, geramos inteligência estratégica para liderança organizacional. Assim, será possível ter um panorama de como está a empresa, a partir dos resultados do processo de desenvolvimento. A gestão saberá o estágio de cada pessoa à frente de um time, pontos fortes e fracos e progresso no plano de desenvolvimento.

Sendo assim, podemos apontar em que medida existe o alinhamento estratégico entre o comportamento das lideranças e aquilo que a empresa necessita. Além disso, vamos alinhar os pontos necessários para otimizar processos e maximizar os lucros de negócios.

Agora que você já entende a importância do tema, conheça a solução da Weego e promova o alinhamento estratégico de lideranças na sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.