Quem acredita que liderar significa apenas chefiar as tarefas de rotina e fazer com que os processos aconteçam da forma correta está cometendo um grande erro. Afinal, a liderança tem um papel fundamental em todo o desenvolvimento da empresa, sobretudo, na difusão da cultura organizacional.

A cultura, por sua vez, é fator essencial para que uma organização cresça e se desenvolva conforme seus objetivos. Por isso, os líderes são responsáveis por fortalecer junto às equipes, os valores e regras que representam a essência da empresa.

Neste post você vai entender melhor o que é cultura organizacional e qual a relação com a liderança. Continue lendo e veja dicas para a construção de uma cultura de impacto positivo em atividades que envolvam a liderança!

O que é a cultura organizacional?

O conceito pode ser entendido como um conjunto que engloba valores, regras e ideias de uma empresa que são compartilhadas entre as pessoas daquele ambiente. A isso se somam a conduta ética e moral, que obriga a organização a caminhar segundo seus preceitos.

Formada por princípios que se baseiam nos costumes e conhecimentos de uma sociedade, a cultura organizacional estimula o engajamento e impacta a motivação dos colaboradores. Quando bem difundida e fortalecida, é perceptível no ambiente uma atmosfera agradável, de colaboração e produtividade.

Qual a relação da cultura organizacional com a liderança?

Um líder é muito mais do que uma figura responsável pela gestão de processos e pessoas. Se no passado um cargo de gestão exigia chefiar um setor e delegar funções aos liderados, esse formato já não tem lugar nas empresas modernas.

Além da evolução tecnológica e da mudança do comportamento das pessoas, de modo geral, os profissionais também estão em busca de algo que vá além de salário e benefícios. Muitos procuram se desenvolver e ter uma carreira bem-sucedida, com desafios e conquistas.

Os profissionais cada vez mais valorizam empresas que investem em questões importantes como saúde, bem-estar, ambiente de trabalho agradável e sustentabilidade. Sem contar que para um match perfeito, o fit cultural desse profissional precisa se conectar à cultura organizacional.

É nesse contexto que a liderança tem uma responsabilidade significativa, pois, no contato direto, o líder exerce grande influência sobre os colaboradores. Portanto, não basta apenas dizer que a empresa possui uma cultura bem definida, mas compreender todos os aspectos e vivenciar na prática, envolvendo as equipes.

As ações de um líder refletem uma postura que normalmente as equipes querem seguir, logo, o exemplo é determinante, principalmente nos pontos onde a cultura impacta nas questões de engajamento e motivação dos colaboradores.

Cabe ao líder ser capacitado o suficiente para equilibrar as mais diversas perspectivas que envolvem o desenvolvimento de uma empresa. Do desempenho financeiro à performance dos colaboradores, no meio do caminho é preciso lidar com a conexão da cultura com as expectativas de todos que trabalham e interagem no mesmo ambiente.

Como construir uma cultura organizacional positiva a partir da liderança?

Muito se fala nos últimos tempos em senso de pertencimento, ações de employer branding e employee experience. O que isso tem a ver com o papel da liderança e a disseminação da cultura organizacional dentro das empresas?

A retenção de talentos de alta performance está diretamente ligada ao que uma empresa pode oferecer a mais que seus concorrentes. A decisão de aceitar um novo emprego ou se manter na mesma empresa tem tudo a ver com a cultura.

Os líderes, portanto, devem criar iniciativas para construção de uma cultura positiva que facilite a gestão de pessoas, assim como os resultados esperados pela empresa. Veja algumas dicas de como materializar o conceito do ponto de vista da liderança!

Prezar sempre pelo alinhamento de objetivos entre líderes e liderados

Por meio de uma comunicação eficiente e de feedbacks contínuos, a liderança consegue se manter alinhada com os colaboradores sobre o que a empresa espera do desempenho, considerando suas habilidades e competências.

No entanto, esse alinhamento só é possível quando os líderes se dispõem a compartilhar, sabendo ouvir as opiniões e sugestões dos liderados. Para alcançar os objetivos propostos é fundamental que a equipe confie em sua liderança que, por sua vez, deve se concentrar em direcionar os talentos e não apenas obter resultados.

Focar na difusão das regras organizacionais pela liderança

Regras existem e devem ser cumpridas para manter a ordem e a organização de uma empresa. Portanto, é função da liderança disseminar sobre o que pode ou não dentro da empresa para que os liderados tenham plena ciência das normas.

É importante que todas as instruções normativas da organização sejam transmitidas de forma clara e objetiva. Assim, todos os colaboradores seguirão um mesmo conceito, independentemente de fazerem parte de setores ou lideranças diferentes.

Trabalhar a liderança de forma efetiva

A liderança é um posto relativamente solitário, a julgar pelas decisões que muitas vezes são tomadas sem a participação das equipes. Por isso, os líderes precisam entender de fato como liderar e não apenas ocupar um cargo de gestão e atribuir funções e atividades aos liderados.

Uma liderança inteligente, proativa e determinada a conquistar excelentes resultados sabe o quanto precisa das pessoas. A força de trabalho é um dos maiores trunfos que um líder pode ter para trilhar uma jornada de sucesso empresarial.

A difusão da cultura se deve através de ações claras da liderança, que precisam estar presentes no dia a dia, em toda a comunicação interna da empresa. Quanto mais o líder mantiver os colaboradores como parceiros efetivos de trabalho, mais fácil será ter uma equipe de alta performance.

Como você viu, os líderes são figuras de extrema importância para a propagação e fortalecimento da cultura organizacional. Com o método Weego você pode contar com um forte aliado no desenvolvimento e formação de boas lideranças.

Nosso time é especialista em desenvolver e apoiar cada líder durante sua jornada de forma individualizada e em escala, para melhorar os resultados da empresa. Dentro do processo, o líder é convidado a refletir sobre as competências a serem desenvolvidas, sendo uma delas, a habilidade de difundir a cultura organizacional de uma forma simples, empática e descomplicada.Se você gostou do post e deseja transformar os gestores da sua empresa em grandes líderes, que tal aproveitar a visita para conhecer as soluções da Weego e saber como podemos ajudar nesse desafio?

LP do e-book de liderança

Publicado por Thais Bueno

Head de Aprendizagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.