Muito se fala em quanto um time de líderes preparados é essencial para o crescimento das empresas. Mas nem sempre é dada a devida atenção à necessidade de desenvolver as habilidades do perfil de líder, que ficam de lado em diversas discussões.

Entender se existe um perfil é fundamental para o desenvolvimento de liderança. Usando esse modelo como referência, podemos identificar os pontos de melhoria para cada gestor. Portanto, é um conhecimento indispensável.

Logo abaixo, conheça as características do perfil ideal de um líder e descubra como desenvolver as competências-chave nos gestores da sua empresa. Vamos lá?!

A importância da mentalidade de crescimento

Embora algumas pessoas possam ter mais facilidade para desenvolver certas habilidades, o perfil ideal não deve ser visto como um dom. Qualquer profissional, com a capacitação adequada, pode evoluir, adquirindo competências de liderança.

Os gestores e o próprio RH precisam se orientar pelo growth mindset (mentalidade de crescimento). Enquanto o mindset fixo enxerga as habilidades como talentos pouco ou nada mutáveis, o growth mindset parte da premissa de que o esforço pode produzir as competências de que necessitamos.

Com essa visão de que as pessoas são capazes de evoluir e construir habilidades pelo esforço, podemos nos perguntar como estruturar a mudança. Além disso, podemos buscar formas de planejar o processo de desenvolvimento.

O perfil de liderança facilita esse processo de evolução. Nele, estão contidas as características que aumentam a probabilidade de uma pessoa ter sucesso na função. Para isso, o perfil precisa ser desenvolvido de forma adequada para as atividades e de acordo com as necessidades da empresa.

O papel do perfil de líder no desenvolvimento de pessoas

Os perfis de liderança servem como modelo para o processo de desenvolvimento. A partir deles, realizamos uma série de comparações para definir quais são as competências do profissional e quais são as lacunas a serem satisfeitas.

Imagine, por exemplo, que a empresa tenha uma alta demanda por líderes com boa comunicação. Além disso, considere que aqueles que obtém os melhores resultados tenham, no mínimo, uma nota 8 nas avaliações de desempenho.

Se a boa comunicação se torna parte do perfil de líder, um candidato ou colaborador que tenha uma avaliação 5 ainda não estaria preparado para função. Além disso, conseguimos enxergar qual é a distância para que a pessoa chegue lá e buscar soluções de educação corporativa para facilitar esse desenvolvimento.

Também é possível que desenvolver um ponto forte do colaborador, criando diferenciais. Se percebemos, por exemplo, que uma pessoa tem facilidade para se relacionar com as pessoas, podemos incentivá-la a desenvolver cada vez mais essas habilidades.

Perceba que, ao realizar o assessment, o feedback concedido para o colaborador será muito mais claro. Além disso, as lacunas de competência podem ser dividas em passo menores, permitindo que a pessoa se desenvolva gradualmente.

Identificando os perfis de liderança

O perfil de líder é um insumo do processo de avaliação de desempenho. É a ferramenta para saber os pontos fortes e fracos, tomando decisões mais adequadas a partir desse conhecimento.

Porém, para chegar a esse modelo, precisamos de um outro tipo de avaliação: as avaliações comportamentais. Com esse tipo de análise, vamos conhecer as características dos líderes de sucesso na empresa e traçar o perfil ideal.

É um processo que pode ser dividido em quatro etapas.

Entender quem são os líderes de sucesso

O diagnóstico começa por mapear quem são as pessoas que tiveram um bom resultado na empresa ou em organização comparável. Esses profissionais vão inspirar o perfil de liderança.

Descobrir quais são as características desses líderes

A partir das avaliações comportamentais, vai ser mais fácil identificar quais são as características dos líderes de sucesso. Isto é, o que diferencia um grande líder de um gestor que enfrenta dificuldades para conduzir a sua equipe?

Levantar padrões e tendências

Algumas características serão mais recorrentes que outras, formando padrões e tendências. Por exemplo, após analisar os dados coletados, é comum identificar que excelentes líderes se importam verdadeiramente com as suas equipes. Logo, essa característica pode ser considerada para modelar o perfil de líder.

Criar um perfil de líder

Os padrões e tendências devem ser analisados criticamente, entendendo quais deles irão fazer parte do perfil ideal de liderança. Assim, chegamos ao modelo que vai orientar nossas decisões.

No método Weego, além de considerarmos as características da empresa, usamos referências externas, baseando-se em pesquisas e estudos das melhores organizações para trabalhar. Nesse sentido, o perfil ideal de um líder teria competências construídas dentro de quatro pilares:

  • Construir relacionamentos;
  • Criar times de alta performance;
  • Atingir resultados sustentáveis;
  • Liderar com humanidade.

As competências do líder — como se comunicar claramente, tomar decisões assertivas e liderar pelo exemplo — estariam distribuídas dentro desses blocos principais. Além disso, uma competência pode exigir diferentes conhecimentos, habilidades e atitudes.

Ao identificar o perfil de liderança, conseguimos avaliar as habilidades do próprio colaborador e desenvolver aquelas que são necessárias para que o profissional alcance o próximo estágio em sua carreira.

LP Quiz

O desenvolvimento de liderança

Definir o perfil é um primeiro passo para capacitar os profissionais. Porém, além da clareza sobre as características do líder, existem outros requisitos para um excelente programa de desenvolvimento.

No método Weego, usamos ferramentas de análise de dados para entender a fundo quais são as caraterísticas dos profissionais. Esse feedback é gerado por diferentes perspectivas, como a avaliação do próprio profissional, da equipe e do líder direto.

Com as ferramentas de diagnóstico, os gestores podem receber um tratamento personalizado. Os temas abordados no programa estarão adequados ao estágio de desenvolvimento de cada um, contexto da empresa e realidade da equipe. Assim, o líder terá acesso a conhecimentos e ferramentas que, de fato, serão aplicadas no dia a dia.

Todas as atividades realizadas pelo gestor geram dados para análises, dentro da plataforma de ensino. Com isso, o RH pode acompanhar o impacto gerado em cada líder e entender o retorno do investimento da empresa.

Você pode contar com o nosso auxílio para desenvolver profissionais com o perfil de líder. Na Weego, desenvolvemos o melhor de cada um, considerando os pontos fortes e fracos e criando jornadas de aprendizado mais adequadas para as necessidades dos profissionais e realidade da empresa. Agora que você já entende a importância dos perfis de liderança, conheça o método Weego e transforme gestores em grandes líderes!

Publicado por Thais Bueno

Head de Aprendizagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.