A visão analítica no RH é importante para que a gestão de pessoas entregue excelentes resultados. Tomar decisões inteligentes faz parte das empresas de sucesso, e os dados são uma ótima estratégia para entender e projetar cenários, fazendo as melhores escolhas diante das situações.

Processos orientados por dados também beneficiam os gestores envolvidos. Isso porque eles se tornam mais efetivos, entregando valores para os colaboradores e organizações, além de realizar com excelência o propósito da sua função.

Reduzir o turnover, lidar com questões de saúde no trabalho, engajar as equipes, desenvolver líderes são algumas dessas vantagens. Continue a leitura e entenda como elas são promovidas a partir da análise de dados e tomada de decisões mais assertivas!

A importância da visão analítica no RH

Ter uma visão analítica significa compreender, avaliar e julgar as situações de forma objetiva. Nela, estudamos os elementos que envolvem problemas e sua relação com o conjunto, a partir de informações quantitativas e qualitativas.

Essa forma de tomada de decisão se tornou mais acessível com os avanços tecnológicos. Afinal, quando os dados se tornam mais fáceis de coletar, armazenar e tratar, podemos aplicá-los com um melhor custo-benefício.

As vantagens da visão analítica são diversas, pois é possível desenvolver ações mais eficientes, que vão impactar positivamente o crescimento da empresa. Ademais, constrói-se  uma base sólida para orientar todos os processos.

No setor de RH, os gestores conseguem transformar os processos e exercer funções mais estratégicas. Confira, a seguir, algumas mudanças.

Clareza sobre indicadores e metas

Os dados são essenciais para acompanhar o progresso dos indicadores-chave de performance e entender se as metas serão batidas. Turnover, absenteísmo, permanência de talentos, e-NPS e diversos outros indicadores ganham visibilidade e podem ser controlados com mais eficiência.

Se o gestor, por exemplo, está insatisfeito com os índices de rotatividade, os dados podem ajudá-lo a mapear as causas do problema. Podemos realizar diversas perguntas para entender os porquês do turnover:

  • Como está o clima organizacional?
  • Os colaboradores estão satisfeitos?
  • Estamos recrutando bons talentos?
  • As pessoas confiam em seus líderes?

Posteriormente, os dados podem ser acompanhados para confrontar o antes e o depois das medidas corretivas. E a diferença entre os dois cenários será o impacto das mudanças, gerando um feedback para o gestor.

Entender a situação para decidir

A visão analítica do RH ajuda os gestores a confrontarem suas hipóteses com a realidade, tendo um entendimento mais adequado das situações. Logo, influencia positivamente as taxas de acerto dos profissionais.

Imagine que, no exemplo da rotatividade, o gestor de RH tenha a percepção de que o problema é causado pela falta de benefícios financeiros. Porém, após a coleta de dados em pesquisas internas, verifica-se a satisfação com salários e benefícios, mas pouco equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Sem análise de dados, a organização faria um grande investimento para aumentar os salários, mas não atacaria o cerne do problema.

Perceba que a intuição do gestor continua sendo importante. É preciso construir as hipóteses para que elas possam ser testadas por meio dos dados. Contudo, sem a visão analítica do RH, não seria possível saber quais delas se comprovam na prática.

Otimizar processos de RH

Diversos processos de RH são mais eficientes quando o colaborador conta com dados para orientar suas decisões. Muito disso se deve ao conhecimento sobre o time e o reflexo das medidas do RH nele, obtido especialmente por meio da People Analytics.

Nos processos de recrutamento e seleção, a visão analítica do RH ajuda a entender as necessidades da empresa e as características dos candidatos. Assim, facilita o processo de entender quem é a melhor opção, aumentando os acertos nas contratações.

No treinamento e desenvolvimento, as lacunas de competência podem ser claramente definidas, assim como o progresso do colaborador em seu aprendizado. Também é possível mensurar se as práticas tiveram retorno, investigando os impactos causados nos indicadores de desempenho.

A visão analítica otimiza os processos de Assesment. Dessa forma, com dados é possível realizar avaliações mais adequadas, testando hipóteses e entregando feedbacks mais adequados para os profissionais. Logo, o setor de RH se torna mais eficaz em acompanhar a equipe e orientá-los em suas atividades na empresa.

Enfim, são diversos os processos que podem ser otimizados. Tanto do ponto de vista das entradas, reduzindo tempo, esforços e custos, como das saídas, aumentando as taxas de acerto e impacto positivo das medidas. Assim, os dados transformam a gestão de pessoas da empresa.

A visão analítica no desenvolvimento de liderança

Entre as áreas de maior importância da visão analítica do RH, está o desenvolvimento de líderes. Os líderes influenciam as experiências do ambiente de trabalho, engajamento, satisfação e diversos outros indicadores. Por isso, o departamento deve criar condições para que os gestores alcancem alta performance nessa função.

Aqui na Weego estruturamos uma metodologia de desenvolvimento de liderança que tem a análise de dados como um pilar estratégico. Portanto, da escolha dos conteúdos entregues até a análise do retorno do investimento com o desenvolvimento são fundamentadas em dados.

Utilize a Leadership Analytics

As ferramentas de Leadership Analytics da Weego, por exemplo, possibilitam a identificação das lacunas de desenvolvimento, além de seus pontos fortes e fracos. Com essas informações, conseguimos criar trilhas de aprendizado personalizadas, entregando os conteúdos que fazem sentido para cada profissional dar o próximo passo em seu desenvolvimento.

Tenha métricas claras sobre o progresso dos líderes

Outra aplicação da visão analítica na metodologia Weego é usar a People Analytics no desenvolvimento de liderança para mensurar os impactos do aprendizado na organização. É possível comparar os cenários, antes e depois, para entender exatamente qual foi o retorno do investimento.

Conceda feedbacks mais adequados

Os líderes são conscientizados sobre a necessidade do processo de desenvolvimento contínuo. A partir dos dados, é possível comparar a autoavaliação dele com aquelas realizadas pelas demais partes, como RH e equipe.

Além disso, os feedbacks, ao longo do processo de desenvolvimento, são embasados em  dados. Logo, a abordagem do RH diante do gestor muda, o que aumenta as chances do profissional se sensibilizar sobre as necessidades de desenvolvimento.

Tome decisões mais assertivas

Você terá uma metodologia de desenvolvimento de líderes em que é possível acompanhar, de forma simples, a evolução de cada gestor, monitorar indicadores importantes e aplicar um olhar analítico sobre as questões. Logo, as decisões tomadas serão mais assertivas, assim como as chances delas repercutirem em resultados positivos.

A visão analítica do RH é um dos pilares para construir um desenvolvimento de liderança adequado às reais necessidades do trabalho. Além disso, viabiliza soluções de educação mais adequadas aos pontos fortes e fracos de cada profissional, tornando-se a peça-chave para transformar gestores em grandes líderes.Que tal usar a análise de dados para apoiar a transformação dos gestores da sua empresa em grandes líderes? Conheça agora mesmo as soluções da Weego!

Publicado por Thais Bueno

Head de Aprendizagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.